MUIÉ RENDERA

02.09.2014 19:02

Muié rendera

(Mujer hilandera)

1921

Virgulino Ferreira da Silva “Lampião”

 

 

Olê muié rendera,
olê muié rendá.
Tu me ensina a fazê renda,
que eu te ensino a namorá.

 

Lampião desceu a serra,
deu um baile em Cajazeira.
Botou as moças donzelas,
pra cantá muié rendera.

 

Olê muié rendera,
olê muié rendá.
Tu me ensina a fazê renda,
que eu te ensino a namorá.

 

As moças de Vila Bela,
não têm mais ocupação.
Se que fica na janela,
namorando Lampião.

 

Olê muié rendera,
olê muié rendá.
Tu me ensina a fazê renda,
que eu te ensino a namorá.

 

 

(Se repiten dos a dos, los versos de cada estrofa)